Sites Grátis no Comunidades.net
Crie seu próprio Site Grátis! Templates em HTML5 e Flash, Galerias em 2D e 3D, Widgets, Publicação do Site e muito mais!


ENQUETE
QUAL ÁREA DA BIOLOGIA VOCE MAIS GOSTA
GENÉTICA
BOTÂNICA
ANATOMIA
GÉOPROCESSAMENTO
FISIOLOGIA
Ver Resultados

Rating: 3.1/5 (663 votos)




Contador de acesso
Contador de acesso

  


ANIMAçãO DIDáTICA MEMBRANA CELULAR



ANIMAçãO DIDáTICA CITOPLASMA



ANIMAçãO DIDáTICA NúCLEO CELULAR



ANIMAçãO DIDáTICA HISTOLOGIA TECIDOS







ANIMAçãO DIDáTICA SOBRE CONCEITOS DA GENéTICA



ANIMAçãO DIDáTICA LINKAGE




ANIMAçãO DIDáTICA HERANçA GENéTICA







ORIGEM DA VIDA







SISTEMA DIGESTóRIO



SISTEMA DIGESTóRIO



SISTEMA CIRCULATóRIO



SISTEMA EXCRETOR








REINO MONERA E REINO FUNGI

CLASSIFICAçãO DAS PLANTAS

TECIDOS DAS PLANTAS

ORGãOS DAS PLANTAS

FISIOLOGIA DAS PLANTAS

Total de visitas: 107570
PATOLOGIAS

Patologia vem do grego páthos, doença, e lógos, estudo, tratado. Etimologicamente, portanto, significa estudo das doenças.
        Define-se patologia como o ramo da medicina que descreve as alterações anatômicas e funcionais causadas pelas doenças no organismo. Divide-se em patologia geral, que estuda os mecanismos básicos das doenças, e patologia especial, que descreve as alterações de cada órgão ou aparelho. Quando se ocupa das alterações anatômicas, macro e microscópicas, recebe a denominação de anatomia patológica e quando tem por objeto as alterações fisiológicas, a de fisiopatologia. O estudo das alterações produzidas nos tecidos pelas doenças constitui a histopatologia, e das alterações celulares, a citopatologia ou patologia celular. Quando nos referimos à patologia cirúrgica, obstétrica, pulmonar, ocular etc, estamos nos referindo ao estudo das alterações encontradas nas doenças cirúrgicas, obstétricas, pulmonares, oculares etc.
        Além de significar o estudo das alterações produzidas no organismo pelas doenças, o termo patologia é também utilizado para designar essas mesmas alterações. Ex.: patologia da hipertensão arterial, patologia da febre tifóide, patologia da doença de Chagas etc. Não deve, entretanto, ser usado como sinônimo de doença, sobretudo no plural, como ocorre freqüentemente. Ex.: "A patologia deste doente parece ser uma virose"; "o diabetes é uma patologia complexa"; "as patologias mais comuns na infância são as gastroenterites e as amigdalites" etc.
        Em nenhum dicionário, especializado ou não termos médicos, encontra-se averbado o termo patologia como sinônimo de doença, enfermidade ou afecção. Dizer que o paciente tem uma patologia, como adverte o Prof. Idel Becker, seria o mesmo que dizer que o paciente tem uma cardiologia em lugar de uma cardiopatia.[1]
        O mesmo desvio semântico é encontrado em espanhol e em inglês,. o que torna mais difícil seua rejeição em português. Em uma pesquisa na Internet, realizada em 11/06/2005 no site de busca Google, encontramos a seguinte freqüencia com que são empregados outros termos, dentre os quais patologia, em substituição à doença.                                         Em português (é uma... patologia)






Doença -                         88.900 vezes
Patologia -                        4.060     -
Enfermidade -                   3.440     -
Afecção -                            831     -
Moléstia -                            385     - Em espanhol (es una... patologia) Enfermedad -                 239.000 vezes
Patología -                       15.800     -
Moléstia -                          4.700     -
Dolencia -                             631     - Em inglês (is a... pathology) Disease -                        584.000 vezes
Illness -                             82.900     -
Pathology -                         8.000     -
Affection -                          5.310     -





        Possivelmente, estamos diante do que os lingüistas chamam de neologismo de significado; a mesma palavra incorpora outro significado além do primitivo, tradicional. Como a evolução semântica das palavras é imprevisível, bem pode ser que tenhamos no futuro de acrescentar mais um significado à palavra patologia. A boa linguagem, vernácula, correta, no entanto,
pelo menos por enquanto, não incorpora este novo significado de patologia.
                                                                 Referência 1. BECKER, Idel - Nomenclatura biomédica no idioma português do Brasil. São Paulo, Liv. Nobel, 1968.
  Joffre M. de Rezende
e-mail:
jmrezende@cultura.com.br
http://usuarios.cultura.com.br/jmrezende
29/6/2005

Criar um Site Grátis   |   Crear una Página Web Gratis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net